O smartwatch é uma tecnologia vestível que tem o monitoramento da saúde como um dos seus principais recursos. Rastrear atividades físicas e os padrões do sono se tornou uma tendência atual pelo progressivo interesse da população em ficar e se manter saudável. 

 

“Esses dispositivos oferecem uma alternativa de baixo custo para rastreamento do sono, monitorização de batimentos cardíacos e envio de lembretes para tomar água. A grande importância desses aparelhos está no estímulo ao autocuidado, uma vez que motiva diariamente a bater metas e serve de parâmetro na evolução dos treinos”, ressalta o nutrólogo Diogo Ferreira Dias (CRM PR 32444), credenciado da Paraná Clínicas/Grupo SulAmérica.

 

Controle de qualidade do sono 

Segundo o especialista, a influência do sono na saúde geral é um aspecto importante na prevenção de muitas doenças crônicas. “Um sono insuficiente pode causar fadiga física, enfraquecer o sistema imunológico, desregular o sistema de fome-saciedade e reduzir o alerta mental e a memória”, alerta.

 

Durante o sono, nosso corpo passa por quatro estágios, repetidas vezes, em ciclos. As fases do sono são designadas pela sigla REM, que significa Rapid Eye Movement (movimento rápido dos olhos). Uma das quatro fases do sono é o REM; as outras três são Não-REM, dividida em N1 (sono leve), N2 (sono intermediáro) e N3 (sono profundo).

 

Dentre as fases, o sono REM merece uma atenção especial por estar relacionado com a manutenção das funções cognitivas como memória, criatividade e capacidade de aprender, além de proporcionar bem-estar.

 

Em adultos, um sono REM entre 21-30% indica boa qualidade do sono, enquanto um REM >41% ou <5% indicam um sono, provavelmente, ruim. Além de uma quantidade suficiente de horas de sono por noite (em torno de 6 a 8 horas), precisamos das fases do sono bem equilibradas para uma boa saúde.

 

Os rastreadores de sono vestíveis (como os smartwatches) utilizam algoritmos que combinam dados sobre movimento e frequência cardíaca, além de informações como idade e sexo para aproximar as oscilações noturnas entre os estágios do sono. 

Segundo uma pesquisa realizada pela National Library of Medicine’s (NLM), a confiabilidade do rastreador é medida por comparação com o exame-padrão de avaliação do sono, a polissonografia. O sono leve (N1) e REM estão em concordância com a polissonografia em 70% do tempo, e o sono profundo (N3), em 60%.

 

Diogo alerta que os estágios do sono são “uma estimativa” e servem para nortear a autoavaliação. Esse dado, portanto, não deve ser utilizado para o autodiagnóstico e, caso esteja se sentindo cansado ao acordar ou com a sensação de noite mal dormida confirmada pelo aparelho, o melhor a se fazer é agendar uma consulta com um especialista do sono. 

 

 

Medidas de autocuidado

A vida moderna e a cultura do imediatismo levam as pessoas a buscarem alta produtividade o tempo todo e, com isso, acabam esquecendo-se de medidas de autocuidado que garantem a manutenção da sua saúde. 

 

Nesse sentido, lembretes de necessidades básicas como hidratação e controle do stress são muito interessantes, porque sinalizam que naquele momento seu corpo e sua mente estão precisando de atenção. “Para os workaholics de plantão, esses dispositivos podem ainda evitar que adoeçam ou mesmo se sintam indispostos por deficiências básicas no controle da saúde”, reforça o nutrólogo. 

 

Monitoramento para exercícios físicos

Além de medir as atividades realizadas no dia a dia, os smartwatches ajudam a acompanhar a evolução dos exercícios e monitoram níveis cardíacos e de respiração, um elemento primordial para não exagerar na dose e seguir um ritmo saudável, respeitando o condicionamento de cada um.

Segundo relatório da Organização Mundial de Saúde, divulgado em 2020, até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população em todo o mundo fosse mais ativa. Por isso, o órgão recomenda pelo menos 150 a 300 minutos de atividade aeróbica de moderada a vigorosa por semana para todos os adultos, incluindo quem vive com doenças crônicas ou incapacidade, e uma média de 60 minutos por dia para crianças e adolescentes.

Nesse cenário, o monitoramento das atividades físicas é um forte aliado para quem ainda tem dificuldade em manter uma rotina de exercícios regular. Mudanças de hábitos simples, como contabilizar os passos dados em um dia e evitar elevadores optando por escadas, podem fazer a diferença para um estilo de vida mais saudável.

👉👉Veja também matéria completa sobre relógios fitness que combinam estilo e tecnologia e facilitam a vida dos esportistas!

 

Veja aqui uma lista dos 5 smartwatches mais vendidos na Nissei! 

  1. Apple Watch S6

  2. Xiaomi Amazfit Band 5

  3.  Xiaomi Amazfit GTS

  4. Galaxy Watch Active2

  5. Garmin Forerunner 245 Music


Se você gosta de relógios delicados e resistentes, te indicamos a opção perfeita:

 

Veja o vídeo do novo smartwatch da Apple, o Series 7, qu brevemente estará disponível para venda:

 

E então, qual tipo de esporte você pratica? Deixe nos comentários qual tipo de exercício você costuma praticar (musculação, caminhada, corrida, andar em bicileta, etc) e nós indicaremos o smartwatch ideal para você!